Desencarna, no Rio, presidente da antiga Useerj, Gerson Simões Monteiro

sa_1481278452_Gerson Simões

Desencarnou na cidade do Rio de Janeiro, na última quinta-feira (7), nosso companheiro nas lides de unificação Gerson Simões Monteiro, com extensa folha de serviços também na divulgação espírita. Gerson tinha 80 anos e era nascido no Rio, em 29 de julho de 1936.

Trata-se de um devotado servidor da causa e deixa grande lacuna no movimento espírita carioca, tendo sido um dos principais articuladores do processo de fusão da União das Sociedades Espíritas do Estado do Rio de Janeiro (Useerj) com a Federação Espírita do Estado do Rio de Janeiro (Feerj), que culminou, em 2006, com a criação do Conselho Espírita do Estado do Rio de Janeiro (Ceerj), entidade federativa representante do estado no Conselho Federativo Nacional (CFN), da FEB. 

“Foi incansável seareiro, e sua obra teve reflexos no Brasil e no Exterior”, assinalou Julia Nezu Oliveira, presidente da USE em nota encaminhada à Fundação Paulo de Tarso (Funtarso), operadora da Rádio Rio de Janeiro, da qual Gerson foi também diretor.

“A União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo, por meio de dua Diretoria Executiva, apresenta suas condolências à família e roga a Deus abençoe esse estimado irmão que acaba de retornar à Pátria Espiritual, envolvendo-o em muita luz”, diz trecho da nota enviada à Funtarso 

Atuação no CFN e fusão da Useerj e Feerj

“Conhecemos Gerson no Conselho Federativo Nacional, da FEB, no período em que ele representava a Useerj, e nós, a USE”, lembrou Antônio Cesar Perri de Carvalho (ex-presidente da USE e FEB). Gerson presidiu a federativa carioca de 1984 a 2003. Atuou nos documentos Orientação ao Centro Espírita (CFN) e Manual de Administração das Instituições Espíritas (publicado pela Useerj). “Por ocasião dos preparativos da campanha “Viver em Família”, que veio a ser aprovada pela CFN em 1993, Gerson Simões Monteiro e Lydiênio Barreto de Menezes integraram, conosco, comissão responsável pela elaboração da proposta originalmente apresentada pela federativa paulista”, acrescentou o ex-presidente da FEB. 

Gerson coordenou as ações decisivas para o processo de fusão (em 2006) entre Useerj e Federação Espírita do Estado do Rio de Janeiro (Feerj), instituições dos antigos estados da Guanabara e do Rio de Janeiro. Foi vice-presidente e presidente da Rádio Rio de Janeiro e atuou como articulista de jornais e revistas desde 1978. Nos últimos anos, desde 1998, assinava, aos domingos, a “Coluna Espírita” do Jornal EXTRA

Autor de cerca de 15 livros editados por diversas editoras, cujos direitos autorais eram transferidos para instituições beneficentes, incluindo temas como suicídio e defesa da vida em geral. Organizou o livro No Roteiro de Jesus (publicado pela FEB Editora), com capítulos extraídos de diversas obras do Espírito Humberto de Campos.  

“Tínhamos amizade pessoal com Gerson, tendo conhecimento de vários momentos difíceis que ele superou, com enfermidades e desencarnações em família, o que sempre aumentou nosso respeito e admiração pelo companheiro”, acrescenta Cesar Perri. E completou: “Gerson sempre se caracterizou como o líder espírita dedicado e combativo, compromissado com a divulgação do Espiritismo”, assinalou Cesar. 

0 Comentários

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CONTATO

No momento não estamos por perto. Deixe aqui sua mensagem para um breve retorno.

Enviando

©2017 USESP

Faça o Login com seus dados

ou    

Esqueceu seus dados?