À porta dos cemitérios, pioneiro Cairbar Schutel já distribuía mensagens espíritas

sa_1478079089_Cairbar Schutel se deixava fotografar junto aos túmulos do cemitério

Cairbar Schutel (1868-1938), pioneiro do Espiritismo em Matão (SP), cidade da qual foi também o primeiro prefeito, é um dos grandes arautos da difusão da Doutrina nas primeiras décadas do século 20.

Fundou o jornal O Clarim, em 1905, sendo um dos predecessoras de comunicação com comunidades estrangeiras com a Revista Internacional de Espiritismo, por ele fundada em 1925, era uma espécie de Revue Spirite à brasileira, contando com autores espíritas e metapsiquistas e transcrições de diversos periódicos de vários países, com o apoio de tradutores como Ismael Gomes Braga e Watson Campello. Foi também um dos pioneiros da divulgação espírita pelo rádio, da cidade de Araraquara.

Tradicionalmente,  com companheiros espíritas, distribuía mensagens e jornais no cemitério de Matão. Portanto, um dos pioneiros também nesse forma de divulgação. Cairbar fazia questão de se deixar fotografar junto das sepulturas para atestar sua convicção na imortalidade da alma, isso nos idos das primeiras décadas do século passado, conforme noticiava O Clarim. Aliás, tal jornal chegava a ter edições de 40 mil exemplares naquelas oportunidades, porque também ele atendia à região.

Convicto e ardoroso divulgador da imortalidade da alma, próximo à sua desencarnação Cairbar Schutel solicitou que colocassem em seu túmulo o epitáfio: “Vivi, vivo e viverei porque sou imortal”. Cairbar Schutel foi admirador de Paulo de Tarso, e a ele dedicou um capítulo em seu livro: Parábolas e Ensinos de Jesus:

“Paulo é o mais belo rebento da Arvore do Cristianismo. Dentre todos os grandes na Fé, que se distinguiram pela sua dedicação e amor à causa de Jesus, Paulo é o Espírito cuja luz ultrapassa a todos os anseios da Caridade, é a Sabedoria que excede a todas as ciências, é o prodígio de todos os prodígios, é a coragem, a energia que afronta todas as grandezas, é o Gênio inigualável de todos os tempos. […] Paulo é o primus inter pares dos porta-vozes do Cristianismo…” (Por Antonio Cesar Perri de Carvalho)

0 Comentários

Comente

O seu endereço de email não será publicado Campos obrigatórios são marcados *

*

*

Você pode usar estas tags e atributos de HTML: <a href="" title=""> <abbr title=""> <acronym title=""> <b> <blockquote cite=""> <cite> <code> <del datetime=""> <em> <i> <q cite=""> <s> <strike> <strong>

CONTATO

No momento não estamos por perto. Deixe aqui sua mensagem para um breve retorno.

Enviando

©2017 USESP

Faça o Login com seus dados

ou    

Esqueceu seus dados?