Não é associado? Associe-se
Recuperar minha senha

Autonomia, a história jamais contada do espiritismo

Publicado em: 12/08/2019

Com a participação de muitos dirigentes espíritas paulistas e de um grande público, aconteceu no último sábado, no Centro Espírita Nosso Lar / Casas André Luiz, da Fundação Espírita André Luiz, o lançamento do primeiro livro do projeto Cartas de Kardec.

 

Autonomia, a história jamais contada do espiritismoé de autoria de Paulo Henrique de Figueiredo, coordenador do projeto, que apresenta cartas e documentos inéditos de Silvino Canuto Abreu, Chico Xavier e Allan Kardec, contextualizados, mostrando uma nova história sobre o espiritismo.

 

Na oportunidade do lançamento, o presidente da União das Sociedades Espíritas do Estado de São Paulo, Aparecido José Orlando, fez uso da palavra comentando o apoio da entidade federativa ao trabalho desenvolvido a partir dos documentos entregues pelo Instituto Canuto Abreu e de sua emoção ao ter contato com duas cartas: a primeira de Kardec, apresentando seu propósito de manutenção de guarda de documentos para a historia do espiritismo e a segunda, uma mensagem de Emmanuel, psicografia de Chico Xavier, quanto a divulgação daqueles documentos, anotando que “dia virá em que a verdade será restaurada”.

 

Após a leitura destes dois documentos, Paulo Henrique de Figueiredo fez palestra apresentando a história e o conteúdo do livro em lançamento. Para acompanhar a palestra, acesse aqui.

 

Para Figueiredo, o objetivo inicial, ao receber os documentos da família de Canuto Abreu, era o de divulgar as cartas de Kardec. No entanto, quando a documentação foi aberta, percebeu-se que era mais que isto. Canuto deixou um volumoso conjunto de documentos escritos por ele mesmo que nunca foram publicados.